Tecnologia: PIX chegou para desbancar Doc e Ted?

Ao ler sobre o tema, muita gente já começou a se perguntar sobre essa sigla. O que significa cada letra? Mas o nome escolhido pelo Banco Central não foi pensado assim. A ideia, segundo a entidade, é trazer os conceitos de tecnologia, transação e pixel com o objetivo de ser tão simples quanto um bate-papo em redes sociais. E a simplicidade já deve começar pelo nome.

Em relação à função, a partir do dia 16 de novembro, o PIX será o novo meio de pagamento eletrônico brasileiro. E usar essa tecnologia será uma opção do cliente, no momento de realizar pagamentos ou transferências bancárias.

O PIX é uma modalidade que permite transações 24 horas por dia, sete dias por semana. É uma realidade bem diferente do DOC e do TED, que funcionam apenas em horários determinados, em dias úteis. Com o PIX, o dinheiro é depositado na conta de destino em poucos segundos.

Então, sabe aquele boleto que você precisa agendar, caso queira fazer o pagamento no fim de semana? Agora, essa realidade mudou. Tudo pode ser feito a qualquer hora, em qualquer dia. O mundo já é digital e quem quiser viver essa experiência tem que quebrar paradigmas.

O primeiro é que, ao contrário do TED e DOC, não será necessário informar o número da conta e agência para iniciar a transferência. Com o PIX, essas informações são substituídas pelo o que Banco Central chama de “Chave PIX”. Essa chave pode ser um CPF ou CNPJ, mas, também, um número de celular ou e-mail.

Com a chave, o usuário cria seu próprio QR Code e pode receber dinheiro, via PIX, por meio de pagamentos por aproximação. Um outro paradigma que cai é o da taxação. As transações para pessoa física serão gratuitas, e as taxas serão cobradas apenas para pessoa jurídica.

Sem contar que o pagamento instantâneo pode ser, ainda, uma oportunidade para as “fintechs” crescerem ainda mais no Brasil.

Quer viver o digital? Então, viva a experiência de um mundo que já mudou. Prepare-se! A viagem para o novo está apenas começando. Vem muito mais por aí.

Compartilhe esse Post:

Confira também:

Pular para o conteúdo